Blog do LeoBlogsConteúdo

Nas motos a liderança muda de mãos em etapa marcada pelo abandono de Sunderland, Nos Quads Casale mantém a liderança

Este foi o quarto dia seguido de dunas e muita areia. O trecho cronometrado teve 330 quilômetros e foi considerado um dos mais difíceis da prova. Um percurso em laço, com os competidores partindo e voltando a cidade peruana de San Juan de Marcona. Para a largada foi montado um espetáculo a parte. Na praia as motos foram divididas em grupos de 15 motocicletas e largaram em linha, a cada cinco minutos.

O dia foi marcado pelo abandono do britânico San Sunderland (KTM 450 Rally), devido a um acidente na aterrissagem de um salto. Com muitas dores ele foi evacuado de emergência com suspeita de ter sofrido uma lesão traumática na região lombar.

O francês Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F Rally) assumiu a liderança da categoria Motos do Rally Dakar 2018 com vitória na 4ª etapa, disputada nesta terça-feira, dia 09 de janeiro. Devido ao mal resultado na etapa anterior, Van Beveren fez parte da segunda onda, onde também estava o espanhol Joan Barreda (Honda CRF450 Rally). Os dois lideraram seu grupo e tendo a facilidade de seguir os rastros dos competidores que partiram na frente, começaram a dominar a especial. Barreda perdeu 10 minutos, mas Van Beveren teve um dia perfeito, livre de erros, conquistando sua segunda vitória de especial no Dakar. Esta é a primeira oportunidade que o francês experimenta a sensação de estar na ponta da classificação acumulada. Com quatro etapas realizadas, ele é o terceiro líder diferente do Dakar. Ele teve a companhia de seu compatriota e companheiro de equipe, Xavier de Soultrait, que ficou com o segundo melhor tempo e subiu para a 5ª colocação na classificação acumulada.

O austríaco Matthias Walkner (KTM 450 Rally) também se recuperou da etapa anterior. Mesmo largando na primeira fila, foi o 3º colocado na etapa e voltou para o grupo dos Top 5 na classificação acumulada. Ele subiu para a 4ª colocação.

Já o chileno Pablo Quintanilla, terceiro na etapa anterior, manteve a regularidade de bons resultados. Ele fez o 4º melhor tempo do dia. Quintanilla tem sido o piloto mais consistente, e isso lhe rendeu a vice-liderança do rally após quatro etapas.

Enquanto que o argentino Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally) largou no primeiro grupo e perdeu algum tempo com a navegação, concluindo a etapa na 8ª colocação. O resultado o manteve no pódio da acumulada, ele é o 3º colocado após quatro etapas.

240 Yamaha: Sergei Kariakin – Foto: A.S.O.

Na categoria dos quadriciclos o russo Sergei Kariakin (Yamaha Raptor 700), defensor do título de 2017, quebrou a invencibilidade do chileno Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700). Mas recuperou apenas 43 segundos. Na acumulada Ignacio continua mais de 25 minutos de vantagem. Alexis Hernandez foi o terceiro colocado, seguido do argentino Gustavo Gallego e Axel Dutrie, da França.

O brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700) o 13º colocado na etapa. Com o resultado ele subiu para a 13ª colocação da classificação acumulada.

Classificação Motos da 4ª etapa (extraoficial):

1 – Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F Rally): 04:08:23

2 – Xavier de Soultrait (Yamaha WR450F Rally): + 00:05:01

3 – Matthias Walkner (KTM 450 Rally): + 00:07:10

4 – Pablo Quintanilla (Husqvarna FR 450 Rally): + 00:07:30

5 – Stefan Svitko (KTM 450 Rally): + 00:07:45

Classificação Quadriciclos da 4ª etapa (extraoficial):

1 – Sergei Kariakin (Yamaha Raptor 700): 04:56:34

2 – Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): + 00:00:43

3 – Alexis Hernadez (Yamaha Raptor 700): + 00:05:31

13 – Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 00:30:35

Classificação Motos após quatro etapas (extraoficial):

1 – Adrien Van Beveren (Yamaha WR450F Rally): 11:03:23

2 – Pablo Quintanilla (Husqvarna FR 450 Rally): + 00:01:55

3 – Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally): + 00:03:15

4 – Matthias Walkner (KTM 450 Rally): + 00:07:10

5 – Xavier de Soultrait (Yamaha WR450F Rally): + 00:05:01

Classificação Quadriciclos após quatro etapas (extraoficial):

1 – Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): 13:00:42

2 – Sergei Kariakin (Yamaha Raptor 700): + 00:25:30

3 – Alexis Hernadez (Yamaha Raptor 700): + 00:35:01

13 – Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 03:15:57

Nesta quarta-feira, dia 10/01, será disputada a 5ª etapa do Rally Dakar 2018. Partindo de San Juan de Marcona rumo a Arequipa. Motos e quadriciclos será a primeira parte de uma etapa maratona e o percurso é diferente dos carros, SXS e caminhões. Os competidores percorrerão 770 quilômetros, sendo 264 quilômetros contra o relógio.

Leandro

Fundador e Sócio Proprietário do Guia Off-Road, Analista de Sistemas, Apresentador, Editor e bloqueiro no portal Guia Off-Road. Atualmente sou estudante de Fisioterapia na UFRN em Santa Cruz-RN. Sou amante e admirador do offroad, onde procuro contribuir com o crescimento deste esporte tão fascinante, através do nosso trabalho contínuo a frente do Guia Off-Road.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close