Blog do LeoBlogs

Toby Price abandona, Cyril Despres assumi a liderança e mais uma vitória brasileira nos UTVS

O austríaco Matthias Walkner (KTM 450 Rally Replica) venceu 4ª etapa do Rally Dakar 2017 na categoria Motos, disputada nesta quinta-feira, dia 05/01, entre as cidades de San Salvador de Jujuy na Argentina e Tupiza na Bolívia. O espanhol Joan Barreda (Honda CRF 450 Rally) fez o segundo melhor tempo e com este resultado mantém o comando da prova. Seu companheiro de equipe, o francês Michael Metge, completou o pódio do dia. No km 370 dos 416 km totais o australiano Toby Price (KTM 450 Rally Replica), vencedor da prova em 2016, sofreu uma queda forte e fraturou um osso da coxa da perna esquerda, tendo de ser resgatado pelo helicóptero médico. Fim de prova e da esperança de conquistar o bicampeonato.

Despres assumiu a liderança da prova.
Despres assumiu a liderança da prova.

Nos carros, a dupla dos franceses Cyril Despres / David Castera (Peugeot 3008 DKR) venceu a 4ª etapa do Rally Dakar 2017, Com o resultado houve uma reviravolta na prova. Com sua primeira vitória de etapa sobre quatro rodas, Despres, que é pentacampeão do Dakar na categoria motos, assumiu a liderança da prova. O francês fez uma etapa limpa, e teve a navegação perfeita de Castera, que também já competiu nas motos e até 2015 era o responsável pelo percurso do rally. “Se alguém tivesse me dito que eu ia ganhar uma etapa no meu terceiro Dakar, eu não teria acreditado.” – destacou Despres.

Peterhansel ficou com a quarta colocação numa prova de recuperação.
Peterhansel ficou com a quarta colocação numa prova de recuperação.

A segunda colocação ficou com a dupla do finlandês Mikko Hirvonen e o francês Michel Perin (MINI John Cooper Works Rally). A terceira posição da etapa ficou com a dupla Nani Roma / Alex Haro Bravo (Toyota Hilux V8). Num dia que muitos tiveram problemas, Hirvonen também saiu ileso, contando com a boa navegação do experiente Perin e mostrando que a terceira colocação em 2016 rendeu frutos, além de comprovar a eficiência do novo Mini. A segunda colocação na etapa lhe coloca em terceiro na classificação acumulada. Já a dupla dos espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz (Peugeot 3008 DKR) não tiveram a mesma sorte, próximo ao final da etapa eles capotaram e perderam mais de duas horas, além das esperanças de uma vitória, a dupla despencou na classificação. Numa prova de recuperação Peterhansel conquistou a quarta colocação na etapa e conseguiu se manter na vice-liderança da classificação acumulada após quatro etapas. Já Loeb perdeu 22 minutos e despencou da liderança para a quarta posição.

Carro de Carlos Sainz danificado ao final da 4ª etapa.
Carro de Carlos Sainz danificado ao final da 4ª etapa.

Pelo segundo dia consecutivo a dupla Leandro Torres e Lourival Roldan (Polaris) foi a mais rápida. Eles venceram a 4ª etapa do Rally Dakar 2017 na categoria UTVs, Na classificação acumulada Leandro e Lourival estão na vice-liderança. A dupla líder da categoria, formada pelo chinês Mao Ruijin e o francês Sebastien Delaunay (Polaris), tem uma grande vantagem sobre os brasileiros. Nesta etapa ficaram com a segunda colocação.

Leandro Torres e Lorival Roldan venceram mais uma nos UTVS.
Leandro Torres e Lorival Roldan venceram mais uma nos UTVS.

Nos quadriciclos o boliviano Valter Nosiglia (Honda TRX 700) aproveitou o conhecimento do terreno e venceu a etapa. O russo Sergey Karyakin (Yamaha Raptor 700) foi o segundo, seguido do argentino Daniel Domaszewski (Honda TRX 700). Após quatro etapas a liderança é de Sergey Karyakin, seguido do chileno Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700) e do francês Simon Vitse (Yamaha Raptor 700).

O russo Dmitry Sotnikov lidera após quatro etapas.
O russo Dmitry Sotnikov lidera após quatro etapas.

Nos caminhões a vitória foi do holandês Gerard De Rooy com Iveco. O bicampeão do Dakar e defensor do título de 2016 mostrou que vai lutar até o final pelo tri. Ele foi seguido por três caminhões Kamaz dos russos Ayrat Mardeev, Anton Shibalov e Dmitry Sotnikov. O Iveco do argentino Federico Villagra completou os Top 5 da etapa. Após quatro etapas a liderança é do russo Dmitry Sotnikov, seguido de Federico Villagra e do Kamaz do russo Eduard Nikolaev.

A 5ª etapa será disputada nesta sexta-feira, dia 06/01. A largada de Tupiza.e chegada em Oruro, tudo em território boliviano. Motos, quadriciclos, carros e UTVs percorrem um total de 692 km, com um trecho cronometrado de 447 km. Os caminhões percorrem 683 km com uma especial de 438 km.

Leandro

Fundador e Sócio Proprietário do Guia Off-Road, Analista de Sistemas, Apresentador, Editor e bloqueiro no portal Guia Off-Road. Atualmente sou estudante de Fisioterapia na UFRN em Santa Cruz-RN. Sou amante e admirador do offroad, onde procuro contribuir com o crescimento deste esporte tão fascinante, através do nosso trabalho contínuo a frente do Guia Off-Road.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close