Blog do DecoBlogs

Dakar/9ª Et/Motos: dia difícil de entender

A primeira perna da etapa maratona teve voltas e reviravoltas por todo o dia e o resultado final ainda não está muito claro e nem possível de se confirmar. Vamos tentar explicar um pouco do que aconteceu e aguardar o pronunciamento oficial da A.S.O. para saber o futuro das motos no Dakar
 
O dia que prometia ser o mais difícil desta edição do Dakar mostrou-se muito pior do que isso no decorrer da nona etapa da prova. As dunas e o calor excessivo fizeram várias vitimas ao longo do dia e a A.S.O. (empresa promotora e organizadora do Dakar) decidiu intervir.
Mas, vamos aos fatos….
O português Paulo Gonçalves um dos mais fortes candidatos a vitória foi forçado a abandonar o Dakar devido a um problema de radiador na sua moto. A notícia foi confirmada na página oficial do Facebook do diretor da Honda, Martino Bianchi. Um arbusto furou o radiador da sua Honda CRF 450, pouco depois do CP02, o que o fez perder toda a água. O piloto luso ainda fez alguns quilômetros, mas o motor acabou por não resistir.
Foto: A.S.O. / www.dakar.com

Gonçalves tinha como meta para o dia de hoje recuperar o tempo perdido na etapa de ontem para o líder da prova, Toby Price. Apesar do infortúnio do piloto luso, quase todos os outros competidores seguiram na prova, com o australiano Toby Price chegando a registrar o tempo de 03:26:58 na passagem do Check Point 05 (CP05). Ocorre que Price foi o único a chegar a este ponto da especial.

No CP imediatamente anterior, o CP04, tem o registro de 85 pilotos dos 105 que largaram, mas a A.S.O. em comunicado oficial, decidiu suspender a prova no CP02, muito antes deste ponto. Porem a classificação divulgada na página oficial:http://www.dakar.com/dakar/2016/es/etapa-1000/clasificacines/etapa-motos.html#ancre

mostra um tempo para os competidores muito próximo ao registrado no CP04, mesmo o comunicado emitido pela A.S.O. dizer que a prova terminou no CP02.
Confuso não???, mas vai ficar pior….
A verdade é que nesta passagem da qual a A.S.O. informa que a prova foi encerrada, Paulo Gonçalves ainda estava na prova, portanto tem tempo registrado a 3m01s de Toby Price e portanto estaria classificado no dia.
E como de bunda de Bebê e da cabeça do pessoal da A.S.O. nunca se sabe o que vai sair, a informação publicada é uma, mas os resultados apresentados são outros.
Se confirmarem esta interrupção no CP02, Gonçalves perde apenas 3m para Price, que foi o mais rápido nesse ponto. No entanto, o piloto luso ainda terá 15 minutos de penalização por trocar o motor da sua Honda danificado com o furo do radiador.
Toby Price dominou por completo a etapa, demonstrando que é o mais sério candidato a vitória. Com o atraso de Gonçalves e os abandonos de Joan Barreda, Ruben Faria e do seu companheiro de equipe Matthias Walkner, Price pode estar a cinco dias de se tornar o primeiro piloto da oceania a vencer o Dakar.
Depois de um dia onde chegou a ser confirmado o seu abandono, Paulo Gonçalves poderá ainda continuar vivo e na luta pelo triunfo deste Dakar.
Classificação extra-oficial – MOTOS – Etapa 9 – Belén x Belén
Ninguém sabe….
Classificação ACUMULADA extra-oficial – MOTOS até Etapa 9
Vamos ter de esperar…
Curta a nossa página no www.facebook.com/guiaoffroad
AUT-1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close