Blogs

Dakar: no olho do furacão by André Lavadinho

O fotógrafo português André Lavadinho descreveu para o site do Autosport (www.autosport.com) o que foi o dia de ontem por conta do fenomeno “el nino” para quem estava nos bastidores da prova..
 
NO OLHO DO FURAÇÃO BY ANDRÉ LAVADINHO
Não foi nada fácil para ninguém este dia 3 de janeiro. A hora de saída estava marcada para bem cedo, e o plano era ir de helicóptero para o primeiro dia a ‘sério’ do Dakar! Mas as coisas não iam correr lá muito bem e logo desde o princípio. A saída do hotel estava marcada para as 5h15, mas ninguém apareceu e por isso a minha aventura começou bem antes do previsto. Tive que ir a correr no meio da estrada até encontrar um carro da polícia, que foi muito simpático, fez de taxista e levou-em ao bivouac, mas bem a tempo de arrancar no helicóptero. Grande aventura logo bem cedo…
9_20160104_103358
O helicóptero lá arrancou à hora prevista, e cerca de uma hora depois já estávamos a sentir os efeitos do El Ninõ. E não foi preciso passar muito tempo para termos que pousar de emergência. Nem vale a pena dizer que apanhei um valente susto… Com o helicóptero a abanar por todo o lado, foi mesmo muito arriscado. Mais tarde conseguimos levantar de novo e fomos até ao início da especial, mas o piso estava coberto de água, era completamente impossível de se realizar a etapa.
Daí fomos até ao CP1 e só aí o Etienne Lavinge decidiu anular a primeira etapa do Dakar. As ‘estradas’ pareciam autênticos rios… Finalmente, lá voltámos ao bivouac sãos e salvos. Foi uma grande aventura. Muitas pessoas dizem que Dakar é o Dakar, é uma prova dura, mas o que vi no dia de ontem foi demais e a organização esteve muito bem em anular a especial…
Texto / Foto: Andre Lavadinho/ @World / ASO
Curta a nossa página no www.facebook.com/guiaoffroad
AUT-1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close